Aprendendo conquistar objetivos, por Júnior Pereira, Auto-ajuda


Júnior Pereira
Júnior Pereira

Não podemos permitir que as situações, ou circunstancias da vida, nos faça parar. Nascemos para vencer e usufruir do melhor, por esse motivo devemos tomar as atitudes certas e não desistir nunca.

Os verdadeiros vencedores não são aqueles que não enfrentam problemas, mas sim os que aprendem vencer.

Vencer é uma arte que precisa ser aprendida diariamente. Os vencedores são aqueles que aprenderam a arte de resolver dificuldades e perseverar diante de qualquer situação.

Um dos fatores principais de muitos não alcançarem êxito, é justamente o fato de não tomarem as atitudes certas, e desistirem com facilidade.

Pessoas firmes, não temorosas tem muito mais chance de vencer na vida, pois vencemos não por a quantidade de sonhos que possuímos e sim pelo número de atitudes que tomamos.

Fazer as escolhas certas, não olhar os obstáculos, ter visão ampla, são apenas alguns dos requisitos para conquistar uma vida vitoriosa, e o meio de conseguir tudo isso está em conhecer alguns princípios

O conhecimento de Deus é fundamental para uma vida feliz e vitoriosa, como também a noção de si mesmo. Devemos procurar conhecer mais Deus e nós, pois assim teremos condições suficientes para vencer.

Júnior Pereira

Para refletir e pensar. Júnior Pereira – Auto-ajuda.


Júnior Pereira, auto-ajuda e motivação
Júnior Pereira, auto-ajuda e motivação.

Viver é desfrutar de cada momento sem olhar para trás, o passado pode até conter ótimas lembranças, porém sempre será passado.

Precisamos focar a nossa vida no presente e visualizar o futuro, pois isso é o que realmente importa. Se perdermos tempo com acontecimentos que ficaram para trás, deixaremos de usufruir daquilo que nos é oferecido hoje, ficaremos perdidos no tempo e isso poderá nos levar a consequências sérias.

Não devemos nos focar no lugar de onde saímos, mas sim onde queremos chegar, jamais alcançaremos alguma coisa na vida se permanecermos presos a acontecimentos que de alguma forma foram importantes, mas ficaram para trás.

Como disse Renato Borghi: O passado só tem sentido, se for um passado presente, um passado que ilumine a gente hoje para ações futuras.

Júnior Pereira.